You are currently browsing the tag archive for the ‘poodle’ tag.

dog_and_kids_07

As crianças pequenas, normalmente, não tem idéia de que o cão é um ser vivo e algumas podem agir de forma inadequada apertando, acariciando de forma rude ou até mesmo batendo nos animais, podendo provocar reações de defesa por parte destes. Os animais podem rosnar ou até mesmo morder algumas crianças. Os filhotes de cães, por sua vez, podem eventualmente sofrer lesões graves, decorrentes de brincadeiras com crianças.

Alguns cães suportam melhor a convivência com crianças e até mesmo os abusos por parte destas.

A partir dos 10 anos de idade é que as crianças terão real noção das necessidades de um animal e dos cuidados que precisam dispensar a um outro ser vivo.

Alguns cães, principalmente os de maior porte podem eventualmente, mesmo que sem intenção, machucar crianças com brincadeiras excessivamente brutas.

Certamente são as raças mais pacientes, que suportam as investidas insistentes dos pequenos. São os cães que suportam “sofrer” sem reagir. Algumas raças são mais tolerantes.

Surpreendentemente, as raças de maior porte são, geralmente, muito mais tolerantes, dóceis e tranqüilas e aceitam melhor a convivência com crianças. Os cães de menor porte, em geral, são mais reativos e de comportamento mais instável. Entretanto, até os 2 anos de idade, os cães de maior porte são também imaturos e inquietos e podem ser bastante trapalhões, chegando, às vezes, a machucar algumas crianças inadvertidamente.

Quais as raças mais indicadas para a convivência com crianças? Continue lendo »

Há duas semanas publicamos esta enquete e hoje trazemos o resultados

Você concorda? Não?

melhor-cao-apart

Por favor, deixe o seu comentário, clicando aqui

labradoodleOrigem da raça

O labradoodle é uma raça relativamente nova. Atualmente, é reconhecida apenas ida pelo CKC (continental kennel clube). É resultante do cruzamento de duas raças: o retriever do labrador e o poodle standard.

O primeiro exemplar de que se tem notícia apareceu na Austrália durante a década de 70. O cruzamento foi intencional, com o objetivo de criar um cão guia para pessoas alérgicas a pêlo de animais. Nos primeiros cruzamentos, os resultados foram cães hiper ativos ou de pelagem imprevisível. Aos poucos, os exemplares foram sendo selecionados e foi criada uma raça estável, equilibrada e adequada para a função.

Estes espécimes eram exclusivos da associação de cegos local, não estavam disponíveis para a população. Foram ficando conhecidos, no entanto pela sua labradoodlepuppychocolateinacreditável inteligência, esperteza, capacidade de aprendizado e também devido ao seu pelo antialérgico. Aos poucos se foi tornando popular e, em bem pouco tempo, a associação de cegos já não dava conta dos pedidos.

Infelizmente, muitas pessoas, ansiosas por possuir um labradoodle, de forma irresponsável e e sem controle, cruzavam labradores com poodles, produzindo muitos cães fora do padrão e negociando-os a pessoas desinformadas.

A notoriedade e a dificuldade de obter verdadeiros labradoodles, levaram à prática de uma criação paralela, sem nenhuma base, onde pessoas inexperientes cruzavam seu poodle com o labrador do vizinho, produzindo cães totalmente fora do padrão e vendendo-os a pessoas desinformadas.

Alguns canis então Continue lendo »

Pesquisa no blog

Para localizar publicações antigas, clique no dia do calendário ou insira a palavra que deseja pesquisar no campo "SEARCH" , no final da página.

Artigos publicados por data

julho 2017
S T Q Q S S D
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Nosso Endereço

Av. Prof. Sabino Silva, Ed Lusan, Loja 1, Chame-Chame
Site certificado
voos
voos
ABCVoos

Acessos

  • 1,148,463 visitantes