You are currently browsing the tag archive for the ‘Gatos’ tag.

O adorável gato doméstico, acredita-se,  descender de um animal de porte pequeno que vivia em árvores chamado miacis. Tinha as patas curtas, uma cauda longa, maior que o corpo. Era, provavelmente dotado de unhas retráteis como os gatos da atualidade. Viveu há cerca de 40 milhões de anos e pode também ter sido ancestral das doninhas, dos ursos, guaxinins, raposas e coiotes.

Evoluiu para o Dinictis, animais mais semelhante aos gatos de hoje, que viveu há cerca de 10 milhões de anos.

Miacis

Dinictis

Os felinos, também chamados felídeos são os mais importantes e mais especializados dos carnívoros e a sua família compreende tres gêneros:

  • Acinomyx – Cheeta;
  • Felis – Puma, Jaguatirica, Gatos domésticos e todos os outros de pequeno e médio porte;
  • Leo – Leão, Pantera, Tigre, Onça

Os gatos atuais ainda guardam grandes semelhança com os felinos selvagens como o andar delicado e silencioso, a postura de predador diante de possível “caça”, ainda que seja um brinquedo. Mantém as técnicas de caça, as unhas retráteis e patas adaptadas para a corrida. Algumas espécies chegam a alcançar 100 Km/h em corridas de curta distância.

Veja algumas características fascinantes dos gatos:

Visão:

–  São os mamíferos que possuem os maiores olhos, em relação ao tamanho do corpo;

Possuem olhos adaptados para visão noturna, necessitando de apenas 1/6 da luz necessária ao homem para enxergar bem. Para desenvolver essa habilidade, entretanto, abriram mão da visão de pequenos detalhes, enxergando o mundo desfocado e também de algumas cores. Enxergam bem o azul, amarelo e o verde. Não se sabe se enxergam vermelho, mas supõe-se que esta cor é visualizada como cinza ou preto;

– A habilidade para enxergar no escuro os faz muito sensíveis à luz e, por isso, têm pupilas verticais que, qundo dilatadas, possuem área proporcionalmente maior que os humanos;

– O fundo do olho dos gatos é revestido por uma camada de células chamadas “tapetum lucidum”. Estas células refletem a luz absorvida pelo olho de volta para a retina, dando aos receptores uma segunda chance de captá-la. Dessa forma, os receptores da retina aumentam a sua eficiência na captação de luz em 40%, tornando a visão dos gatos altamente especializada para a visão noturna.

Audição:


–  Os gatos têm capacidade de ouvir até 65khz (kilohertz), enquanto os humanos ouvem até 20 Khz os cães até 45khz. Essa habilidade deve-se, em parte,  à anatomia dos seus ouvidos afunilados que canalizam e amplificam os sons;

–  Os gatos podem girar as suas orelhas até quase 180 graus, sendo que uma independente da outra. Pode girá-las 10 vezes mais rápido e com mais eficiência que um cão de guarda;

Gatos de olhos azuis e pelagem branca são, na sua maioria, surdos.

Olfato:

–  Sentido altamente especializado nos felinos que possuem de 60 a 80 milhões de células olfatórias. A especie humana tem entre 5 e 20 milhões de células olfatórias;

–  Além do focinho, os gatos possuem um órgão olfatório adicional, especializadíssimo, no céu da boca. É chamado “Órgão de Jacobson”e possui a função de “analisador de odores”. Para utilizá-lo os gatos abrem a boca quando sentem odores fortes, dando a impressão de estarem sorrindo (riso sardônico).

Curiosidades:

–  A especie humana possui 206 ossos, enquanto que os gatos possuem 245. Enquanto os homens têm 25 vétebras, os gatos possuem 30;

–  Cerca de 10% dos ossos dos gatos encontram-se na cauda que tem a função de auxiliar no equilíbrio do animal e pode também demonstrar as suas emoções de acordo com a sua posição. O gato doméstico é a única espécie que consegue manter a cauda ereta enquanto caminha;

–  Os gatos possuem 30 dentes. A dentição de leite é substituída pela permanente em torno dos 7 meses de idade. Os cães possuem 42 dentes;

–  O cérebro do gato possui mais semelhanças com o cérebro humano que o dos cães. A região do cérebro responsável pelas emoções é a mesma em gatos e humanos;

–  Um filhotinho de gato leva cerca de 2 semanas para ouvir bem e abrir os olhos;

–  O cérebro do gato é mais similar ao do homem do que ao do cão;

–  O gato doméstico pode correr a uma velocidade de 50 km/h;

–  O gato possui cerca de 24 bigodes que são utilizados para medir distâncias. Um gato que tiver os seus bigodes coirtados pode desorientar-se momentaneamente;

– Os gatos utilizam as patas como órgãos receptores para explorar coisas novas e também alimentos. São extremamente sensíveis e levam informações ao cérebro na mesma velocidade da corrente elétrica;

– Um gato assustado pode ser um animal agressivo e, para demonstrá-lo eriça o seu pelo na região da coluna vertebral;

Os gatos são animais de escelente convivência e ótimos companheiros apesar de independentes.

Cuide bem do seu grande amigo felino !

O envenenamento é a principal causa de morte de cães e gatos, seguida pelo atropelamento. Infelizmente, muitos animais domésticos são vítimas de envenenamento que pode ser acidental ou intencional. Isso mesmo, apesar de parecer monstruoso, muitos animais são intencionalmente envenenados. As maiores vítimas dessa maldade são os animais de rua ou aqueles que têm dono mas saem com freqüência, especialmente os gatos.

Nos casos acidentais, geralmente, por descuido do proprietário, o animal fica exposto a contato com produtos de limpeza (detergentes, desinfetantes, etc), medicamentos, inseticidas, raticidas, etc.

Muitos produtos de limpeza são inofensivos aos humanos mas podem rapidamente matar animais domésticos, principalmente os de pequeno porte. As aves são muito sensíveis a esses produtos.

O chumbinho, cujo agente ativo é a estricnina, apesar de proibido, é o veneno mais utilizado. Muitas pessoas o utilizam para matar ratos e, eventualmente, algum gato pode morder algum rato que ingeriu o chumbinho, resultando em envenenamento do felino.

Algumas pessoas colocam o chumbinho em pedaços de carne e o dão intencionalmente para matar animais.

Os principais sintomas de cães e gatos envenenados com chumbinho são: diminuição da freqüência card[iaca, vômitos, diarréia, salivação em excesso, tosse, aumento de secreções respiratórias, dificuldade para respirar, edema pulmonar, perda da coordenação motora, incapacidade de controlar a urina e morte.

Apenas 30% dos animais intoxicados por chumbinho sobrevive, quando recebe atendimento imediato.

Caso aconteça com algum animal próximo a você, leve-o IMEDIATAMENTE a uma clínica veterinária e caso identifique o responsável pelo envenenamento do animal, vá à delegacia mais próxima e denuncie. Existe um Decreto de proteção animal . Conheça-o (http://www.animaisos.org/legislacaop.php?id=8).

Conheça também a Declaração Universal dos Direitos dos Animais.

Proteja o seu grande amigo, mantendo produtos de limpeza, inseticidas, medicações longe do seu alcance.


DiaMundial

O Dia Mundial dos Animais é celebrado desde 1930 em mais de 45 países. Em 1929 no Congresso de Protecção Animal em Viena, Áustria, foi declarado o dia da morte de São Francisco de Assis como o Dia Mundial do Animal.


Francisco de Assis viveu na Itália entre os séculos XII e XIII e, durante a juventude, levava a vida como um rico filho de comerciante. Após converter-se, passou a trabalhar com um grupo de discípulos que ficaram conhecidos como franciscanos. sepultado em 4 de outubro de 1226 e canonizado em 1228.


Conhecido pelo seu amor e respeito aos animais, São Francisco teve esse amor reconhecido pelo Papa João Paulo II que decretou São Francisco de Assis o padroeiro da ecologia.

Em comemoração à data, durante este mês várias entidades de proteção animal organizam eventos sobre bem-estar animal e cerimônias de bênção aos animais. Muitas feiras de adoção ocorreram em todo o país, na tentativa de minimizar o problema dos animais abandonados. São milhares de cães e gatos em abrigos ou mesmo nas ruas expostos a doenças e maus tratos.

StFrancis

Grandes amigos que aguardam pelo seu carinho e proteção e, em troca, lhe darão alegria e amizade por toda a vida.


Porém, no dia 4 de outubro devemos nos lembrar não só dos nossos mimados “pets”, mas de todos os animais, de todas as espécies, mas, comemorar mesmo será no dia em que não houver mais espécies ameaçadas de extinção, no dia em que a DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS DOS ANIMAIS for de fato respeitada.

No dia de hoje, nós não poderíamos deixar de prestar a nossa homenagem aos nossos grandes amigos. Que todos tenham um dia animal !

Curta todos os feriados com tranquilidade.

O seu Grande Amigo fica conosco cercado de carinhos e em segurança!

Ligue e reserve.

(71) 3331-2136 / 9992-2432

fotos hotel 009

cão & gatoCães e gatos também tem câncer?

Câncer ou neoplasia maligna, na verdade, não é uma só doença, pois define a presença de tumor maligno e são vários os tipos de tumores dessa natureza. Os cães e gatos também podem desenvolver a doença. Observa-se que, com o aumento da expectativa de vida dessas espécies, a incidência de neoplasias malignas tem aumentado.

Quais os tipos de tumores malignos mais comuns em cães e gatos?

carcinoma_narizOs tumores malignos de pele (carcinomas cutâneos) estão entre os cânceres mais comuns, principalmente em cães e gatos mais idosos. São mais comuns nos animais de pela muito clara, com pouca pigmentação e mais freqüente em felinos que em cães. A área mais afetada costuma ser a face. Os sarcomas (tumores malignos provenientes do tecido muscular, adiposo e ósseo) são também de incidência relativamente alta. No Brasil, são mais freqüentes em cães que em gatos. Os tumores de origem ligada à formação de células sanguíneas (tecido hematopoiético), também acometem tanto cães como gatos, sendo mais comuns as leucemias e os linfomas. São comuns nos gatos infectados pelo vírus da leucemia felina (FeLV). Dentre os tumores menos freqüentes, encontramos os tumores do sistema nervoso.

Os animais com câncer devem ser sacrificados? Existe tratamento?

Há tratamento e este pode ser de dois tipos: paliativo ou curativo. O tratamento paliativo visa minorar o sofrimento do animal, quando não perspectiva de cura. Visa aliviar a dor, corrigir disfunções que comprometam a qualidade de vida do bichinho. Pode envolver também cirurgias, no caso de obstruções de qualquer natureza ou dor intensa. A eutanásia é recomendada nos casos em que o tratamento paliativo não consegue minorar o sofrimento do animal e este tem a sua qualidade de vida comprometida, mesmo com os cuidados médico-veterinários. O tratamento curativo pode envolver cirurgia, radioterapia e/ou quimioterapia.

pata amputada

A cirurgia pode curar o animal?

A cirurgia, quando possível é o melhor tratamento e oferece maior índice de cura (com exceção para as doenças do sistema hematopoiético). Esta deve, não só remover o tumor maligno, mas também o tecido aparentemente são em volta deste, inclusive os gânglios linfátic0s próximos à lesão. Infelizmente, muitas das cirurgias para tratamento do câncer são mutilantes.

Quando é indicada a quimioterapia?

É indicada nos casos de leucemias e linfomas. Pode também ser utilizada como tratamento combinado com a cirurgia, principalmente para certos tumores com tendência a gerar metástases, como, por exemplo, melanoma, sarcoma, etc… Esse tratamento pode ser através de medicações injetáveis ou orais e necessitam de muitos cuidados, como hidratação do animal antes de cada sessão pois, como as drogas são muito agressivas e tóxicas, proporcionam muitos efeitos colaterais que podem ser minimizados através da hidratação cuidadosa.

Os animais perdem pelos com a quimioterapia?

câncer de peleEm geral, não se observam efeitos colaterais tão intensos no cães e gatos, como nos humanos, pois, nos humanos, se deseja a cura a qualquer custo, enquanto que, no animal, o alívio do sofrimento e o aumento da sobrevida tem também um significado importante e, portanto, doses manores e drogas menos agressivas são utilizadas. Quanto à queda de pelos (alopecia), em geral, ocorre em áreas localizadas e algumas raças são mais afetadas que outras, como, por exemplo, o Cocker Spaniel. Outros efeitos colaterais gerais são observados como vômitos, diarréia, falta de apetite, perda de peso. Alguns podem ser aliviados com uso de medicações. Alguns efeitos colaterais mais sérios devem ser observados como alterações no músculo do coração ou nos rins e são específicos da utilização de determinadass drogas – cisplatina e doxorrubicina.

Há outros tipos de tratamento?

Há uma técnica denominada crioterapia que consiste no congelamento de determinadas células neoplásicas, causando a sua morte. Não é indicada para todos os tipos de tumores malignos, podendo ser utilizada em pequenas lesões de pele ou nas mucosas.

Deve-se sempre levar em conta a importância do diagnóstico precoce. A cura depende do início precoce do tratamento. Leve sempre o seu animalzinho ao veterinário, pois, mesmo pequenas lesões, nódulos, ferimentos que não cicatrizam, devem ser biopsiados com brevidade. A biópsia é o único método de diagnóstico seguro. Desse procedimento simples pode depender a cura do seu grande amigo!

casaco rosaMuitas são as dúvidas em relação a cuidados com os animais no inverno. Se você mora em local de inverno ameno, não precisa se preocupar tanto com o frio, mas a umidade é um inimigo a ser combatido.

Dar ou não dar banho no inverno?

Esse é um questionamento freqüente dos que possuem animais de estimação.

É importante lembrarmos que, no inverno, o animal troca de pelo e, os mais peludos, se não sofrerem escovação freqüente, podem apresentar problemas de pele.

Nos animais com mais pelo, não é recomendável dar banho em casa, pois ele precisa ser escovado adequadamente, no sentido contrário ao pelo, e no sentido do crescimento do pelo e, o mais importante, o banhista deve secá-lo com muito cuidado. Quando o pelo é espesso, pode ficar uma camada úmida, imperceptível perto da pele que vai propiciar o aparecimento de fungos.

Não se esqueça também se que os secadores caseiros, além de não terem a potência necessária para secar pelagem de animais, têm uma temperatura muito mais alta do que o indicado que pode provocar sérias queimaduras no seu animalzinho.

Se você mora em apartamento, certamente os banhos são mais freqüentes e, por isso, em alguns casos é necessário completar a dieta do seu pet amigo com cápsulas de Ômega 3, para restaurar a camada de proteção da pele e, dessa forma protegê-lo contra fungos, sarna, alergias e outras doenças de pele.

O meu animalzinho sente frio?pinscher

Sim, ele sente frio. Apesar da proteção do pelo, em locais muito frios, ele deve ter uma “caminha” com um cobertor, para que se sinta mais confortável. Se o animal é de grande porte, coloque, pelo menos, um estrado de madeira, um papelão, jornais, para que ele não durma no chão frio, úmido e deixe um cobertor disponível.

Algumas pessoas costumam vestir roupinhas nos seus animais, o que pode ajudar no frio. Se você pretende fazer isso, deve acostumá-lo desde filhote para que se sinta confortável com a roupinha.

cão de cachecolO meu animal pode ficar gripado?

Sim, e pode também ter pneumonia. Se o seu amiguinho está espirrando com freqüência, tossindo e parou de comer, é sinal de que pode estar gripado ou com pneumonia.

Leve-o sem demora ao veterinário, pois, principalmente se for pneumonia, ele precisa ser tratado com antibióticos. A pneumonia pode ser fatal se não tratada.

Que outras doenças exigem cuidados no inverno?

Além das doenças respiratórias, os animais idosos podem sofrer com problemas osteoarticulares no inverno. Os nossos pets da terceira idade que têm artrose, calcificações na coluna ou hérnia de disco, podem sentir dor quando expostos a baixas temperaturas. Se você mora em locais frios, mantenha-os aquecidos.gato na cama

Existe alguma vacina para ajudar a proteger o meu bichinho?

Sim. Cães e gatos devem ser vacinados contra traqueobronquite, principalmente se freqüentam locais com outros animais.

A alimentação do meu pet muda no inverno?

Se o seu animalzinho não está obeso e você mora em região de inverno ameno, não precisa se preocupar. Porém, se você mora em local muito frio e o seu pet não está acima do peso, aumente em 20% o quantitativo de ração.

Com esses cuidados, o seu GRANDE AMIGO  vai continuar saudável e feliz !

gatos_brilham_escuro

Em 2007, cientistas coreanos clonaram gatos geneticamente modificados. Inseriram, na sua bagagem genética, uma uma proteína especial que os fez brilhar no escuro sob luz ultravioleta.

A equipe chefiada por Kong Il-keun, um especialista em clonagem da Universidade Nacional Gyeongsang manipulou a proteína RFP na pele de gatos Angorá Turcos e produziu três animais, sendo que, um deles, que brilhava na cor vermelha, morreu.

cao-coreano

A habilidade de manipular a proteína fluorescente e usar isso para clonar gatos abre novos horizontes para acriação artificial de animais com doenças humanas ligadas a causas genéticas”, disse um oficial do governo. Isso, ele disse, pode aumentar a velocidade dos esforços para encontrar tratamentos e remédios ao permitir que cientistas estudem animais e conduzam experimentos que não são possíveis em pacientes humanos.

cao-brilha-no-escuroO especialista disse que a habilidade de clonar gatos poderia ser mais desenvolvida para ajudar animais ameaçados incluindo tigres e leopardos, mantendo os números necessários para procriação

Após gatos e até mesmo porcos que brilham no escuro, chegou a vez dos cães brilharem. Pesquisadores da Universidade Nacional de Seul, na Coreia do Sul, anunciaram  recentemente a criação de uma ninhada de cães da raça beagle que são, ao mesmo tempo, clones e transgênicos. Os adoráveis filhotinhos receberam um gene que contém uma proteína fluorescente vermelha, que brilha no escuro. Os cientista dizem que a sua intenção é usar a técnica para produzir cães que sirvam como modelo para estudar doenças humanas.

 

Agradecemos aos visitantes da nossa página que, nos últimos 30 dias votaram e elegeram o que consideram mais importante em um Pet Hotel. Publicamos o resultado da pesquisa e pudemos perceber o quanto são importantes para os seus donos os nossos grandes amigos!

 

pesquisa-pet-hotel1

Viaje tranquilo nos feriados, sabendo que o seu grande amigo ficará em segurança e bem cuidado.

Clique aqui e conheça o Grandes Amigos Pet Hotel. Um novo conceito em hospedagem de animais.

Pesquisa no blog

Para localizar publicações antigas, clique no dia do calendário ou insira a palavra que deseja pesquisar no campo "SEARCH" , no final da página.

Artigos publicados por data

julho 2017
S T Q Q S S D
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Nosso Endereço

Av. Prof. Sabino Silva, Ed Lusan, Loja 1, Chame-Chame
Site certificado
voos
voos
ABCVoos

Acessos

  • 1,148,463 visitantes