Numa cidade tão grande como Tóquio, muitas são as pessoas que sentem-se solitárias. Um terço dos cidadãos vive sozinho.
Com espaços de moradiacada vez menores, muitas pessoas não teem como criar animais de estimação. Entretanto, sempre criativos, os japoneses, que adoram animais, encontraram uma forma interessante de “matar” a sua vontade de conviver com os adorados bichinhos. Essa adoração motivou o surgimento em cidades como Tóquio de cafeterias especializadas em gatos, nas quais as pessoas têm à sua disposição vários felinos prontos para dar carinho e companhia.
Por meia hora em companhia de muitos felinos, os clientes pagam 500 ienes (aproximadamente R$ 7,50).
Nesses estabelecimentos é permitido consumir bebidas como chás, café, suco ou bebidas alcoólicas mas, devido ao rigoroso controlede higiene, não é permitido comer nada.
Todo ano, vários estabelecimentos deste tipo são inaugurados no japão e os proprietários garantem ser lucrativo.
A época de maior movimento é a primavera.
Confira nos vídeos: