O poodle é a raça de cães mais popular. No Brasil representa cerca de 17% de toda a população canina.

De origem francesa, adquiriu popularidade freqüentando a corte, no passado. É também conhecido como caniche. Cãozinho muito inteligente, aprende com facilidade e é ideal para adestramento. É muito ciumento e muito leal com o seu dono. Aprende por associação e adora repetir as brincadeiras que são facilmente incorporadas como aprendizado. Possui um corpo elegante e de linhas harmoniosas e é dotado de muita agilidade. Os olhos têm coloração marrom, âmbar escuro ou preta, a depender da cor da pelagem. Possui orelhas longas e cauda de inserção alta.

A pelagem é crespa, abundante e lanosa, de textura fina. As cores do poodle são:

  • Preto,
  • Branco,
  • Marrom, cinza,
  • Abricó.

Há quatro tamanhos de poodle:

  • Tamanho gigante, de 45 à 60 cm. na altura da cernelha;
  • Tamanho médio, de 35 à 45 cm. na altura da cernelha;
  • Tamanho miniatura ou anão, de 28 à 35 cm. na altura da cernelha;
  • Toy, com no máximo 28 cm. na altura da cernelha.

Se for criada uma rotina, com atividades repetidas ele facilmente adquirirá hábitos desejados como os de higiene, locais onde é permitida a sua presença, etc…

Por exemplo, se quer ensiná-lo a fazer xixi em cima do jornal, deve sempre deixar o jornal disponível, pois ele rapidamente associará o jornal com o hábito de fazer xixi. Não se deve esquecer de deixar o jornal no local escolhido (que deve ser sempre o mesmo). Se um jornal é deixado inadvertidamente em outro local da casa, ele fará xixi neste jornal, achando que é o correto e não deverá ser punido por isso.

É o campeão de vendas de animais de estimação, pois, além de ser uma cão bonito, “fofinho”, é alegre, adora brincar e excelente companhia para pessoas de qualquer faixa etária. Talvez um pouco ativo demais para idosos, mas muito fiel e companheiro.

As inúmeras tosas diferentes que podem ser feitas num poodle, fazem com que seja um cão divertido, muitas vezes exibido como troféu pelos seus donos com pompons, lacinhos ou tosas especiais.

Pela popularidade que adquiriu, infelizmente há hoje uma “indústria de filhotes” e muitos criadores leigos abusam da falta de conhecimento das pessoas , comerciando exemplares que pouco ou nada respeitam do padrão da raça, desvirtuando as características físicas e de temperamento do poodle.

Exige muito cuidado com o pelo com escovação diária, banhos regulares, hidratação (veja nosso artigo sobre cuidados com o pelo) e alimentação adequada.

Tem uma tendência à formação de tártaro nos dentes (veja matéria em nosso artigo sobre tártaro), que requer acompanhamento com veterinário e, eventualmente, tartarectomia (retirada do tártaro).