Psitacose / Clamidiose

A clamidiose é uma doença transmissível ao homem e que afeta várias espécies de aves. Os sintomas que a caracterizam vão, desde a doença respiratória, sinusite e conjuntivite, à diarreia e distensão abdominal. A clamídia não afeta de modo semelhante a todas as espécies de aves, havendo algumas que são portadoras assintomáticas (por exemplo os pombos), e outras que são muito sensíveis (os papagaios verdes amazônicos), o que justifica a mortalidade de apenas uma espécie e a sobrevivência de outra em aviários mistos de pequenos psitacídeos. Por se transmitir às pessoas, causando infecções graves, deve ser sempre testada em qualquer ave doente ou casos de mortalidade inexplicada. Não deixe de trazer a sua ave ao médico veterinário.

Doenças respiratórias

As doenças respiratórias são situações graves e que devem ser tratadas com brevidade. Não se pode ignorar que as aves desenvolvem estas infecções com facilidade, bastando estarem expostas a fumos, poeiras, umidade, diferenças de temperatura e correntes de ar. As deficiências alimentares, principalmente a falta de vitamina A, também aumentam o risco. Se a sua ave apresenta conjuntivite, inflamação em redor dos olhos, corrimento ocular e nasal e sons respiratórios, deve ser levada com urgência a um veterinário experiente.

v

Gripe aviária

Por enquanto não surgiu nenhum caso de gripe aviária nas espécies usuais de aves de gaiola, tendo surgido apenas em palmípedes (patos, gansos, cisnes) e galiformes (galinhas e perus). Não há nenhum caso registrado no Brasil desta doença, portanto, o risco de contágio é quase nulo. De qualquer modo, se detectar sintomas de infecção respiratória ou morte súbita em alguma ave, entre em contato imediatamente o médico veterinário, porque mesmo que não se trate de gripe aviária, as doenças respiratórias são situações graves e que devem ser tratadas o quanto antes.