A história do Maine Coon perdeu-se no tempo. Supõe-se que tenha origem inglesa e tenha sido levado até os Estados Unidos pelos

Vikings durante viagens ao “Novo Mundo”, por volta do ano 1000. Daí a sua semelhança com o “Gato Norueguês da Floresta”.

Acredita-se que a reça tenha derivado de cruzamentos sucessivos com gatos nativos americanos e gatos de pelo longo, oriundos

do Oriente, trazidos a este continente por grandes navegadores, resultando num lindo resultado estético.

Apenas em 1960 foi reconhecido e publicado o padrão da raça.

Características:

As principais características desta raça são o seu porte gigante e a sua docilidade extrema. É um felino extremamente companheiro

e apegado ao seu dono e à família. Costuma seguir o dono pelos cômodos da casa.

É considerado um gato extremamente inteligente e tem facilidade em aprender comandos e rotinas.

A exuberância da sua pelagem e do seu vigor físico só são atingidos aos quatro anos de idade.

Tamanho:

Gato de grande porte.

Os machos não castrados chegam a pesar entre 07 e 12 Kg.

As fêmeas costumam pesar entre 5 e 7 Kg

Pelagem:

Pelo semi-longo a longo, sedoso, denso, ligeiramente oleoso e impermeável com subpelo fino e suave e de fácil manutenção, pois embaraçam pouco. Uma escovação semanal e uma banho a cada tres meses são suficientes para manutenção.

Temperamento:

Independente, autoconfiante, curioso, companheiro. Exímio caçador, silencioso, carinhoso, meigo. Muito inteligente, obedece com facilidade a comandos.

Cores e padrões:

Mais populares:

É aceito em todos os padrões e cores, exceto as marcações colourpointers e Ticked Tabby e as cores chocolate, Lilac, Cinnamon, Fawn e Lavander, conforme algumas entidades de gatofilia.

Anúncios