Bulldog inglês lindoOrigem e evolução da raça:

Descendente dos antigos Mastins asiáticos, o Bulldog inglês foi introduzido na Europa pelos Fenícios, por volta do século VI a.C. Eram utilizados para proteção dos navios, quando atracados nos portos.

Uma vez introduzidos no continente europeu, os romanos perceberam a força dessa raça e utilizaram os animais em espetáculos cruéis de lutas em com outros animais em arenas para diversão de espectadores.

Com a decadência do império romano e o desaparecimento das lutas em arenas, a raça quase que desapareceu do continente europeu. Apenas alguns animais sobreviveram nas ilhas britânicas.

Por volta do século XII, remanescentes da raça voltam a ser utilizados em lutas, dessa vez contra touros, em disputas denominadas “Bull Baiting”.  Esses combates foram idealizados pelo Lord Stanford que presenciou a luta de dois touros em disputa por uma fêmea. Presenciou os Bulldogs de um açougueiro avançarem sobre um dos touros, abatendo-o após feroz embate. Foi o início da popularizaçãobulldog inglês + menino dessa raça por toda a Europa. Com o passar dos anos, os Bulldogs foram sendo moldados física e psicologicamente para enfrentarem os touros e transformaram-se em animais ferozes e destemidos, com apurada técnica de combate e enorme resistência à dor. A Grã Bretanha chegou a possui inúmeras arenas  para essas disputas. Algumas existem até hoje, embora, essa cruel prática tenha sido banida no ano de 1835.

Com a proibição dessas lutas, a raça quase foi extinta, porém o Sr. Bill George, grande admirador da raça, investiu na criação desses animais, sendo um dos grandes responsáveis pela sua preservação.

Outros se seguiram ao Sr. George e, com o passar dos anos, foram sendo selecionados animais com comportamento dócil, que oferecessem segurança aos seus criadores. A seleção de características como essa, tornou os animais muito adequados ao convívio social com humanos.

I love my bulldog

No ano de 1875 foi fundado, na Inglaterra, o Bulldog Club Incorporates, tradicional instituição que, até os dias de hoje coordena atividades sobre essa raça. Em 1891, após grande incremento à popularidade da raça, surgiu a London Bulldog Society.

É um cão adorado na inglaterra, com inúmeros fãs incondicionais da raça.


Temperamento da raça:

Apesar do passado marcado por lutas violentas, o Bulldog inglês é um cão extremamente dócil, meigo, de temperamento adorável. Adora crianças com as quaisbulldog inglês+baby

tem uma convivência muito boa.

É um cão muito inteligente, extremamente pacífico, adora a companhia de humanos e venera o seu dono. Será admirado na casa por sua doçura e pelo fato de ser fanaticamente fiel à família com quem convive. Só se tornará agressivo caso seja abertamente agredido ou para defender de agressão um dos membros da família. É uma excelente babá para as crianças.

Apesar de todo o apego aos humanos, é um cão muito independente e não se estressa muito se tem que passar períodos durante o dia sozinho. É realmente um animal muito tranquilo.

Ressaltamos também o excelente perfil dessa raça como cão de guarda. Ele cuida das pessoas, as defende e adora ser cuidado, acariciado.

Características físicas do Bulldog inglês:

Bulldog inglês

É um cão de médio porte, com o peso, nos machos, variando entre 23 a 25 Kg e, nas fêmeas, entre 20 e 23 Kg.

O pelo curto e macio do Bulldog necessita apenas de escovação diária que será muito apreciada por este animal. O momento da escovação será também um

momento de prazer e interação do animal com o seu dono.

A cor varia entre o branco, o marrom claro, avermelhado ou castanho escuro, com pelo malhado, geralmente de forma irregular.

Bulldog inglês

A cabeça é larga, com um grande crânio, testa achatada e olhos redondos, com baixa inserção. A pele da cabeça tem textura mais fina que a do restante do corpo, é macia e forma rugas, principalmente no pescoço. Possui orelhas pequenas e finas, com inserção alta na cabeça.

A região da face é uma das mais marcantes características físicas dos Bulldogs. As bochechas são arredondadas, salientes da linha do maxilar inferior. O focinho é destacado os olhos tem uma expressão de desalento e mansidão.

Possui tronco robusto, curto, compacto, com musculatura bem desenvolvida. Patas curtas, fortes, rígidas, também com grande desenvolvimento muscular.

O doce Bulldog inglês

Os filhotes já mostram as características de força e de tranquilidade.

Cuidados com o Bulldog inglês:

É característica da raça a facilidade de adquirir infecções nos olhos e na boca, portanto necessitará de atenção com a higiene dessas áreas. É recomendável o uso de sabão neutro.

As dobras faciais e as demais devem ser cuidadosamente secas após o banho, para evitar o aparecimento de dermatites por fungos.

O animal tem tendência à obesidade, portanto deve-se controlar a quantidade de ração ingerida para que não venha a desenvolver problemas nas articulações dos joelhos e das ancas. Devido a essa tendência, deve ser submetido a atividades físicas, evitando-se assim o sobrepeso.

Deve-se evitar temperaturas extremas, tato de frio quanto de calor, pois trata-se de animal muito sensível.

A expectativa de vida do Bulldog inglês é de 8 anos.

Curiosidades da raça:

Bulldog inglês funnyEra um cão adorado pela nobreza inglesa, por ser excelente animal de companhia. A Rainha Isabel e o Rei James I eram felizes proprietários da raça.

Shakespeare retratou o Bulldog inglês na sua peça teatral “Henrique VI”.

Para quem deseja um cão de fácil convivência, que não exige muitos cuidados enão necessita de tosa, o Bulldog inglês é uma excelente opção, principalmente para quem tem crianças, ou para quem passa o dia fora e precisa que o seu animal seja independente e não sofra muito com a sua ausência.

É um animal extremamente valorizado no mercado dos pets. Os criadores costumam ter filas de espera para a aquisição de filhotes.

About these ads